Nódulos Dog

20

janeiro

0 Comentário

Com carinhos e afagos podemos detectar caroços (nódulos), feridas, enfim vale a pena ler e saber que…

  • Golden Friend Forever
  • Nenhum Comentário
  • Adulto

Cuidados com a Saúde.

Brincadeiras, carinhos, afagos, escovação, fazem parte da vida de toda pessoa que ama e cuida do seu animal de estimação. Esse contato além de ser importante afetivamente falando também é válido para notar possíveis alterações no corpo, na pele do pet, como, por exemplo, os nódulos mamários. Eles se apresentam como uma lesão sólida, elevada, com variação de tamanho. A incidência maior é em fêmeas, a partir da meia idade, ou logo após o cio.

Se você identificar nódulos não só  mamários mas em qualquer região do corpo do seu animal de estimação, é altamente recomendável levá-lo ao médico veterinário.

O diagnóstico se dá pelo exame clínico, através da palpação das mamas, dos nódulos e pela análise do histórico clínico do paciente, exames complementares específicos para cada caso como: Ultrassonografia abdominal, radiografias torácicas, entre outros tantos já existentes em vários locais.

Se o nódulo já estiver calcificado sua classificação só será possível através de análise citológica ou histopatológica, de acordo com a amostra coletada para exame, realizado em laboratório especializado.

Ai voltamos aquele antigo tópico sobre a IMPORTÂNCIA da CASTRAÇÃO!!

Uma delas é a castração precoce – antes de iniciar a vida reprodutiva; para fêmeas antes do primeiro cio – que pode evitar o desenvolvimento de nódulos de origem hormonal, que são a maioria.

ATENÇÃO: Outra medida recomendada é a NÃO utilização de contraceptivos nas fêmeas não castradas, tendo em vista que este tipo de método também contribui para o desenvolvimento de nódulos mamários.

Devemos tratar sempre com a prevenção, mas, mesmo assim se acontecer de encontrar um nódulo e este estiver bem no início os tratamentos podem ser eficazes.

TRATAMENTO!!

Ao paciente com tumores mamários ou em outros órgãos  quanto antes for iniciado o tratamento, melhor será a recuperação e menores as chances de recidiva do quadro. A realização de cirurgia e exame de biópsia podem ser indicados. Em alguns casos, é preciso adicionar ao tratamento pós cirúrgico o uso de quimioterápicos, com acompanhamento de um oncologista. “Os pacientes ficam internados, em média, de dois a três dias após a cirurgia para cuidados mais intensivos e controle da dor. É importante sempre escutar mais de uma opinião.

Portanto caro amigo, é muito mais muito importante que todos façam de rotina pelo menos uma vez ao ano um check-up no seu melhor amigo, e não se esqueçam daqueles minutinhos de carinho e vá deslizando as mãos por todo o corpo do animal (mamas, pescoço, bolsa escrotal, axilas, barriga e etc).

É o GFF sempre de mãos dadas com nossos amigos de 4 patas!!!

Dr. Nelson Ladogano
Golden Friend Forever
Criando com Amor e Respeito